Como fazer mudas de cebolinha verde (cheiro verde)

Como fazer mudas de cebolinha verde – sempre verde

Nome Científico: Allium fistulosum

– Geralmente em regime de produção doméstica, a multiplicação de cebolinha, sempre verde, é feita através de divisão de touceiras antigas.

– O plantio poderá ser feito o ano todo, mas a época mais recomendada é a estação chuvosa, onde as plantas não sentem tanto a mudança, compensadas pela alta umidade do clima.

– Se os tratos culturais forem satisfatórios, desenvolvem-se bem em todas as estações do ano, mas preferem regiões onde apresentam clima ameno.

– Para regiões quentes com incidência maior dos raios solares, há  um grupo de espécies  denominadas “Todo Ano”, resistentes, que podem ser cultivada em pleno verão.

– Para plantação em escala industrial, recomenda-se o plantio utilizando-se sementes selecionadas, em canteiros ou, tabuleiros em estufas.

– No caso onde se utilizar propagação por sementes, as mudas deverão ser repicadas para seus canteiros definitivos após uns quarenta dias depois de semeadas, as quais deverão ser distribuídas em sulcos com profundidade de três a quatro centímetros, com distanciamento entre plantas de mais ou menos três centímetros, e entre as fileiras de aproximadamente quinze centímetros. Obs. Conforme as plantas forem crescendo deverão ser novamente repicadas, aumentando esse espaçamento até se chegar ao ideal, que é de 15 x 15 cm, entre plantas e entre fileiras.

– Caso a opção é fazer mudas através das touceiras antigas, deve-se tomar os seguintes cuidados:

– Cortar as folhas acima da gema apical.

– Podar o excedente de raízes velhas.

– Subdividir a touceira velha, separando-a com três a quatro bulbos.

– Enterrar as novas mudas no canteiro, na mesma profundidade em que se encontravam anteriormente.

– Espaçamento ideal é de 15 x 15 centímetros entre plantas e entre fileiras.

Tipo de solo:

– Os canteiros deverão ser afofados, elevados do nível do chão e apresentar boa drenagem.

– O solo deverá apresentar textura argilo- arenosa, leves e profundos

– O solo precisará ser fértil, rico em matéria orgânica, de preferência esterco animal bem curtido, incorporado pelo menos 30 dias antes do transplante das mudas

– O solo deverá receber correção com aplicação de calvário e o PH deverá ficar próximo a neutro.

– As regas deverão ser regulares, sem saturação de água, e de preferência realizadas no final do dia.

Colheita:

– A colheita pode ser feita entre dois a três meses depois das mudas transplantadas.

– Há duas opões de colheita:

1- Cortar as folhas de 10 a 15 centímetros do solo, (acima da gema apical).

2- Arrancar a touceira inteira;

Obs. A primeira opção: cortando as folhas é possível fazer novas colheitas a cada dois meses.

 Tratos culturais:

– Manter os canteiros livre de ervas daninhas e plantas invasoras.

– Fazer o afofando a terra, sempre que houver formação de crosta na superfície dos canteiros.

Considerações gerais:

– A cebolinha sempre verde é uma planta condimentar semelhante à cebola de cabeça, porém, não desenvolve o bulbo.

– Segundo relatos históricos, é originária do Oriente.

É uma planta que apresenta bom perfilhamento, possui folhas numerosas,  cilíndricas, com comprimento variando de 25 a 35cm e cor verde.

– Possui aroma e sabor semelhantes ao da cebola de cabeça.

Um comentário em “Como fazer mudas de cebolinha verde (cheiro verde)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *