Como fazer mudas de Girassol – Helianthus annuus

Como fazer mudas de Girassol – Helianthus annuus

Nome Científico: Helianthus annuus.

Nome Populare: Girassol, Mirassol.

Família: Asteraceae.

Origem: América Central, América do Norte.

Nota:

– A planta recebeu esse nome porque segue a luz do sol, (heliotropismo que em síntese significa: movimentos de plantas em direção ao sol. Ou Fototropismo, que simboliza: resposta de um organismo a uma fonte de luz.

Características gerais:

– Trata-se de uma planta de ciclo de vida anual, com grande número de variedades que poderá atingir de 0,5 a 3,5 metros de altura.

– A planta é cultivada largamente para extração de óleo vegetal, cujas sementes de elevado valor nutricional são utilizadas, principalmente, no uso alimentício.

– As grandes flores amarelas são inflorescências do tipo capítulo, que reunem grande número de sementes, ulilizada em grandes plantações para produçãovdo óleo destinado ao consumo humano.

– O farelo resultante da extração de óleo das sementes, bem como, a folhagem (resto de cultura), geralmente são utilizados na alimentação de aves e animais.

– Há também variedades anãs de diversas cores: vermelhas, alaranjadas, marrons e amarelas, destinadas ao pasagismo.

Clima:

– Planta adaptada ao clima: Equatorial, Tropical, Subtropical, Temperado e, deverá ser cultivada ao sol pleno.

– Temperatura ideal oscilando entre 20°C e 30°C.

Solo:

– A planta deverá ser cultivada em solo bem drenado, profundo, fértil enriquecido com material orgânico.

– Trata-se de uma planta tolerante quanto ao pH do solo, mas, o ideal é entre 6 e 7,5.

Propagação:

– A Planta propaga-se por sementes, geralmente, plantadas em seu local definitivo, a uma profundidade média de 3,0 cm.

– O período mais indicado para o seu cultivo será o início da estação chuvosa, (primavera até o verão).

– As sementes germinarão normalmente em uma semana.

– O espaçamento entre plantas dependerá do tipo da cultivar, bem como as condições de cultivo, mas geralmente poderá ser utilizado um espaçamento médio de 80 cm entre as linhas e 40 cm entre plantas.

Regas:

– Trata-se de uma planta que tolera curtos períodos de estiagem, Mas, aconselha-se regas regulares a fim de manter o solo levemente umedecido.

Tratos culturais:

– Remover plantas invasoras e concorrentes.

Colheita

– A colheita poderá ser realizada, geralmente, entre70 a 90 dias após o plantio.

– A colheita manual dos capítulos florais poderá ser realizada, geralmente, quando estes apresentarem coloração castanho-clara.

Para ver um vídeo desta planta CLICAR AQUI

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *