Como fazer mudas de Repolho – Brassica oleracea.

Como fazer mudas de Repolho – Brassica oleracea.

Características gerais:

Variedades:

 Subespécie – Brassica oleracea, grupo Capitata.

– Trata-se de uma hortaliça herbácea, de ciclo de vida curto, anual, cujas folhas superiores do caule, na fase de desenvolvimento, encaixam-se umas às outras, formando uma “cabeça” compacta, que é a parte comestível da planta.

– A planta poderá atingir até 40,0 cm de altura.

– Existe no mercado sementes específicas para cultivares de Verão e/ou de Inverno.

Propagação:

– A produção de mudas é feita por meio de sementes.

– As sementes poderão ser plantadas em forma de sementeiras, Bandejas de isopor para produção de mudas, Copinhos plásticos, etc.

– O solo dos canteiros, bandejas e copinhos deverá ser fértil, enriquecido com material orgânico bem curtido e totalmente drenável.

– As sementes deverão ficar soterradas, em média, a 1,0 cm de profundidade, cobertas apenas com uma camada fina de solo peneirado.

– Quando as plântulas apresentarem, em média, 5 folhas, e/ou após 30 dias após a semeadura, já poderão ser levadas para seus locais definitivos.

– Aconselha-se fazer a rustificação das plântulas, com aclimatação gradativa ao sol, antes de serem levadas a campo.

– O repique das mudas para eus locais definitivos, deverá ser feito em dias chuvosos, nublados e/ou, no final do dia.

– A primeira irrigação por aspersão, após repique das mudas, deverá ser processada somente no dia seguinte pela manhã, quando as mudas já estiverem em posição eretas, sem contato com o solo.

Solo:

– O solo deverá ser fértil, enriquecido com mateial orgânico, com capacidade para reter água, porém, terá que ser totalmente drenável.

– O pH do solo deverá oscilar entre 6 e 7,5.

Preparação dos canteiros:

– Revolver o solo no local do canteiro, a uma profundidade média de 25cm.

– Adicionar de 15 a 20 litros /m² de esteco animal bem curtido.

– Misturar o esterco com o solo homogeneizando-os totalmente.

– Levantar o nível do canteiro, em média., 15,0 cm de altura, com relação ao nível do solo.

– Para facilidade de manejo, aconselha-se fazer os canteiros com 1,0 meto de largura.

– Os canteiros deverão ser preparados, em média, com 30 dias de antecedência, para que o esterco adicionado, incorpore-se totalmente ao solo.

Nota: Para produção comercial, a preparação do solo, deverá ser feita com o auxílio de grade aradora e niveladora.

Clima:

– Trata-se de uma planta adaptada ao clima Tropical e Subtropical e deverá ser cultivada a sol pleno.

– A planta não tolera geadas.

Regas:

– As regas deverão ser processadas para manter umidade média, constante do solo, sem provocar encharcamento.

 Colheita:

– A colheita terá início, geralmente, em 120 dias, após a semeadura.

– Para variedades precoces, em torno de 60 a 90 dias, após semeadura.

Tratos culturais:

– Remoção de ervas daninha e outras invasoras, concorrente com nutrientes e espaço.

Pragas e Doenças:

– As principais pragas que atacam o repolho são: Pulgão, Lagarta-rosca, Cigarrinha, Vaquinha, etc.

– As principais doenças são: Podridão-negra, etc.

Para ver um vídeo desta planta CLICAR AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *